Go to Top

Coronathon

Você tem boas ideias? Quer mudar o MUNDO? Tem projetos para superarmos a crise do COVID-19?

O Coronathon é um desafio público da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) com o objetivo de encontrar soluções inovadoras para diminuir os impactos econômicos causados pela pandemia do COVID-19.

  • Início – Dia 10/Junho (quarta) 18h
  • Encerramento – Dia 14/Junho (domingo) – Entrega de protótipo funcional
  • Etapas
    • 10/Jun – Formação de equipes
    • 11/Jun – Imersão (Identificação e conhecimento do problema)
    • 12/Jun – Ideação (geração de ideias)
    • 13/Jun – Prototipação (transformação de ideias em algo palpável)
    • 14/Jun – Solução (entrega da solução final)
  • Premiação – Dia 17 de Junho
    As cinco melhores soluções receberão respectivamente os seguintes prêmios: R$ 8 mil, R$ 6 mil, R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil.

#Matching
Como aumentar as chances de trabalhadores conseguirem emprego e empresas encontrem profissionais com o perfil desejado?

#Empreendedorismo
Como identificar, entre quem busca emprego e renda, perfis empreendedores e orientar essas pessoas para o empreendedorismo?

#AnalisePreditiva
Como podemos prever que ocupações estarão “em alta” e “em baixa” em diferentes regiões?

#HabilidadeseCompetências
Como identificar e disponibilizar aos trabalhadores cadastrados no SINE, informações sobre as qualificações exigidas pelas ocupações “em alta”?

https://news.microsoft.com/pt-br/enap-lanca-desafio-hackathon-covid-19/

A Escola Nacional de Administração Pública (Enap) lança mais um desafio público. Dessa vez a instituição investe no formato de hackathon para encontrar soluções inovadoras para os impactos econômicos causados pela pandemia da Covid-19.  O projeto é apoiado pela Microsoft Brasil. O evento, que acontece de 10 a 14 de junho, pretende gerar soluções que contribuam para a recolocação profissional, capacitação e empreendedorismo. O projeto conta com a realização da Think Lab.

O evento terá quatro dias de atividades totalmente online e irá envolver até cinco mil pessoas em equipes de diversas áreas. Qualquer cidadão brasileiro ou estrangeiro registrados no Cadastro de Pessoas Físicas – CPF e em situação regular no país que tenha mais de 18 anos de idade pode se inscrever gratuitamente pelo site coronathon.enap.gov.br. Os participantes deverão ter conhecimentos preferencialmente em áreas como desenvolvimento de aplicativos, ciência de dados, programação, negócios, economia, administração pública, marketing e design.

Para o presidente da Enap, Diogo Costa, o evento será uma oportunidade para juntar as melhores soluções tecnológicas no enfretamento dos desafios econômicos. “Inovadores do Brasil, preparem-se para uma corrida de desenvolvimento veloz de novas soluções tecnológicas contra a maior crise da nossa geração”, convida Diogo.

Segundo projeções do Ministério da Economia, o PIB brasileiro deve apresentar um recuo de 4,7% em 2020. E as políticas de distanciamento social, caso se prolonguem, poderão acentuar os efeitos econômicos diretos (perda de produção e queda mais acentuada no PIB de 2020) e indiretos (maior número de empresas decretando falência, maior endividamento público e privado e aumento na taxa natural de desemprego). Esse cenário econômico traz desafios e, com isso, ganham relevância iniciativas que atuem na relocação profissional, qualificação técnica e empreendedorismo.

Segundo o  IBGE, a taxa de desemprego no Brasil ficou em 12,2% no primeiro trimestre de 2020,  e o cenário econômico global desafiará ainda mais esses números. Por este motivo, cada vez é mais importante trabalharmos em iniciativas que auxiliem na relocação profissional, qualificação técnica e empreendedorismo.

Foco nas pessoas

A expectativa da Enap é gerar ideias, conhecimentos e soluções que ajudem a melhorar as condições de geração de emprego e renda, a partir de inciativas de análises de dados. “Tivemos recentemente uma rodada de desafios públicos para o enfrentamento da Covid que trouxe excelentes ideias e propostas de soluções. Queremos aprofundar o processo, agora de forma mais focada e com maior interação com os usuários, ajudando a encontrar soluções para que as pessoas consigam se reposicionar profissionalmente, se necessário, no pós-pandemia”, conta Guilherme de Almeida, Diretor de Inovação da Escola Nacional de Administração Pública.

“A Microsoft tem a missão de empoderar cada pessoa ou organização do planeta a conquistar mais, e a tecnologia possui um papel fundamental nesse processo. Com o apoio ao Desafio Hackaton COVID-19, criado pela Enap, buscamos fomentar a criação de soluções que contribuam para a recolocação profissional, capacitação e empreendedorismo”, afirma Tania Cosentino, presidente da Microsoft Brasil.

“Nosso objetivo é que o evento seja cocriado junto com toda a comunidade para que as soluções desenvolvidas pelos participantes ao final do desafio beneficiem a própria comunidade”, explica Marcos Eduardo de Oliveira, da Think Lab Brasil.

“Queremos levar a experiência dos eventos presenciais para o mundo virtual nesse momento onde as pessoas não podem sair de casa. Para isso estamos preparando diversas atividades de interação com os participantes”, conta Oliveira.

Sobre o Desafio Hackaton COVID-19

O Desafio Hackaton COVID-19 começa no dia 10 de junho e se estende até o dia 14 com atividades ao longo das 72 horas. Serão cinco etapas: formação das equipes multidisciplinares, imersão (identificação e conhecimento do problema), ideação (geração de ideias), prototipação (transformação de ideias em algo palpável) e solução (entrega da solução final). As soluções desenvolvidas e as equipes premiadas serão divulgadas em uma live no dia 17 de junho. As cinco melhores soluções receberão respectivamente os seguintes prêmios: R$ 8 mil, R$ 6 mil, R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil.

Os vencedores participarão de programa de mentoria com Tania Cosentino, presidente da Microsoft Brasil e a organização WE Impact irá premiar as melhores equipes femininas ou mistas, formadas por ao menos 50% de mulheres, com um programa de ideação.

Os participantes serão orientados por uma rede de mentores liderada pelo Prof. Persival Ballesté, professor e membro do Grupo de Estudos e Pesquisa de Big Data Analytics na Escola Politécnica da USP, responsável técnico pelo evento.

A inscrição para o evento é gratuita e está aberta até o dia 10 de junho, às 17h, e pode ser feita via site coronathon.enap.gov.br. Nessa página também é possível ter acesso ao regulamento e tirar dúvidas.

Serviço
Desafio Hackaton COVID-19
10 a 14 de junho de 2020
Inscrições gratuitas em coronathon.enap.gov.br

Acompanhe nossas atualizações
facebook.com/coronathonbr
instagram.com/coronathonbr
twitter.com/coronathon.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *