Go to Top

Homenagem à Dulce Magalhães – Morte

Hoje tive uma triste notícia que me surpreendeu. A morte de Dulce Magalhães!

Tive o prazer de assistir algumas palestras e ela era uma das maiores palestrantes do Brasil.

dulce-magalhaes-google

“No canal dela no Youtube, no qual publicava o registro das palestras que ministrava e de mensagens de autoajuda e filosofia, entrou no ar por volta das 10h de hoje um vídeo sobre morte. Nele, Dulce afirma que “a morte é o auge da vida”, que as pessoas precisam aprender a lidar com a dor e a viver cada dia como se fosse o último.

Dulce era uma ativista da causa da paz e fazia parte de um comitê de 80 lideranças coordenado pelo ex-presidente americano Bill Clinton para elaboração de um Programa Global de Cultura de Paz. No fim de 2016, ela ajudou a trazer o 10º Fórum Mundial da Paz para a capital catarinense.

Natural de Curitiba, mas radicada na capital catarinense desde o início dos anos 2000, a empresária proferiu mais de 2 mil palestras e tinha 16 livros publicados. Sua formação incluía um Ph.D. em Filosofia pela Universidade Columbia (EUA), Mestrado em Comunicação Empresarial pela Universidade de Londres (Inglaterra), Pós-graduação em Marketing pela ESPM-SP e Especialização em Educação de Adultos pelas Universidades de Roma (Itália) e Oxford (Inglaterra). ”
Fonte: http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticias/noticia/2017/02/morre-em-sao-paulo-a-empresaria-e-palestrante-dulce-magalhaes-9714617.html

Em 2013, tive o prazer de assistir em um encontro intimista a palestra:

Como acolher o inesperado e as surpresas da vida

Gravei a palestra e destaco algumas frases da palestra.

  • “A crisálida é o tempo da crise. A crise pode ter um caráter negativo, mas nos tira do chão, porém é somente na crise que temos a oportunidade da autorevelação.”
  • “Quando nos sentimos magoados é porque deixamos o outro avançar sobre o nosso campo. A culpa não é do outro, somos nós que não soubemos ampliar nosso campo.”
  • “Se está doendo em você, o problema é seu e não do outro. Você é que não soube expandir seu campo…”
  • “O túnel é escuro, porém a função do túnel é atravessar a escuridão.”
  • “Sem a crise, as asas não são forjadas”
  • “Não construa seus castelos na ponte, pontes foram feitas para passar…”
  • “A gente só perde aquilo que não entrega”.

Fonte: http://marciookabe.com.br/palestras/como-acolher-o-inesperado-e-as-surpresas-da-vida-dulce-magalhaes/

Sua última palestra foi sobre o tema GRATIDÃO.

“Como forma de homenagear Dulce Magalhães, que assinou por quase 20 anos a coluna “Carta de Floripa”, AMANHÃ reproduz a seguir a última palestra proferida por ela. O COMGratidão –Congresso Mundial da Gratidão ocorreu no início de janeiro. ”
Fonte: http://www.amanha.com.br/posts/view/3539#sthash.KrLPbqof.dpuf

Gratidão a Dulce Magalhães por sua vida inspiradora. Nossa homenagem será assistir a sua última palestra (e outras também).

“É fundamental conquistar um NOVO OLHAR que nos leve ao mundo que DESEJAMOS HABITAR.”
Dulce Magalhães

 

2 Responses to "Homenagem à Dulce Magalhães – Morte"

  • Janaina
    21 de fevereiro de 2017 - 0:37 Reply

    Gratidão por compartilhar esses vídeos da Dulce. Sempre bom ouví-la. Perda irreparável.

  • Cynthia Mau Richard
    25 de fevereiro de 2017 - 0:44 Reply

    Acho que todos que conheceram o trabalho dela se sentem órfãos da luz desse espírito da paz. Doeu fundo a sua inesperada partida! O Brasil perdeu um grande ícone da inteligência e da lucidez em tempos tão obscuros e medíocres!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *