Go to Top

Solo sagrado – Protótipo do paraíso na terra

Ontem fui visitar o Solo Sagrado que é um lugar maravilhoso localizado à beira da represa de Guarapiranga.

Levei meus filhos para passear e minha esposa ficou estudando, pois terá prova de pós. O Solo Sagrado tem uma excelente infra-estrutura com um restaurante e uma lanchonete.  Apesar de não ter parquinhos, é um lugar excelente para passear com filhos, pois tem um pequeno lago com carpas e muitas árvores.

O ideal para crianças maiores seria levar amigos para poderem aproveitar o excelente espaço. Na beira da represa tem um gramado onde pode pisar na grama e um bom espaço para piquenique e lazer.

Uma dica para quem precisa equilibrar trabalho com família até mesmo nos finais de semana é levar o notebook e arrumar um “cantinho” para trabalhar, pois o 3G pega bem no Solo Sagrado.

Uma coisa legal que descobri é que o Solo Sagrado tem auditórios que podem ser alugados para eventos. Seria incrível realizar eventos e palestras em um lugar como este não?

A visita ao Solo Sagrado nos faz refletir sobre como deveríamos nos preocupar com a BELEZA do nosso mundo, ao invés do grande peso que a BELEZA FÍSICA tem sobre nós. Leiam meu post Beleza e Felicidade.

Bom, espero que este post ajude vocês a tomarem a decisão de irem conhecer um pequeno pedaço do paraíso na Terra. E agradeço se puderem comentar no post ou me procurar no Facebook para nos conectarmos.

Visitem o site – http://www.solosagrado.org.br

Um pouco de história

Seguindo o exemplo da natureza, onde tudo se desenvolve a partir de uma pequena forma ou de um pequeno modelo, Mokiti Okada (1882-1955), também conhecido como Meishu-Sama, iniciou em 1945 no Japão a construção de protótipos do Paraíso Terrestre, os quais chamou de Solos Sagrados. Estes locais caracterizam-se pela harmonia entre a beleza natural e a criada pelo homem. O objetivo de Meishu-Sama (que em português significa “Senhor da Luz”) era deixar para a humanidade a base para a construção de um Mundo Ideal, consubstanciado na Verdade, no Bem e no Belo. Ele os estabeleceu nas cidades de Hakone, Atami e Kyoto, objetivando que, a partir deles, outros modelos pudessem ser construídos ao redor do mundo, como uma pedrinha que se joga no centro de um lago e vai formando círculos de pequenas ondas até chegar às margens.

No Brasil, o protótipo do paraíso foi construído à margem da represa de Guarapiranga, em São Paulo, numa área de 327.500 metros quadrados e é conhecido como Solo Sagrado de Guarapiranga. Hoje, é considerado um dos maiores espaços para a contemplação da natureza e meditação existentes no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *