Go to Top

Professor Digital 3.0

Há muitos anos já sabemos que o modelo de educação está em xeque. O Coronavírus acelerou a transformação digital em diversas áreas, principalmente na área de educação. Muitas escolas estão perdidas e não sabem como se adaptar nesta nova realidade. Tentam replicar o modelo presencial no ambiente online, porém o problema é que o modelo tradicional já não engajava os alunos.

COMO ENGAJAR CRIANÇAS E JOVENS NO APRENDIZADO NO AMBIENTE ONLINE?

Neste curso, você vai aprender muito mais do que ferramentas visuais incríveis. Quero compartilhar minha experiência como origamista, educador maker e palestrante com mais de MIL videoaulas publicadas no YouTube e ajudar a mudar a educação do Brasil.

Enviei o curso para Udemy “Professor Digital 3.0” e deverá ser aprovado nos próximos dias. Anote este link.

https://www.udemy.com/professor-digital

Por que Professor Digital 3.0?

Há alguns anos, Philip Kotler lançou o livro Marketing 3.0 no qual ele discorre sobre a evolução do Marketing 1.0 focado em produtos, para o Marketing 2.0 focado no consumidor e, finalmente, o Marketing 3.0 focado nos valores.

Por isso, acredito que o Professor (com P maiúsculo) deve assumir as RÉDEAS DA EDUCAÇÂO.  Ao invés de focar no conteúdo (professor 1.0) ou em enxergar o aluno com cliente (professor 2.0), deve focar em criar CONEXÕES SIGNIFICATIVAS e ajudar seus alunos a despertarem seus TALENTOS (Professor 3.0).

Espero que este curso inspire e ajude a “GUIAR PARA FORA” o Professor Digital 3.0 que existe em você.

Etimologia da palavra EDUCADOR
A palavra “Educação”, em português, vem de “Educar”, a origem desta, por sua vez, é do Latim EDUCARE que é uma derivado de EX, que significa “fora” ou “exterior” e DUCERE, que tem o significado de “guiar”, “instruir”, “conduzir”. Ou seja, em latim, educação tinha o significado literal de “guiar para fora” e pode ser entendido que se conduzia tanto para o mundo exterior quanto para fora de si mesmo.

PROFESSOR
Ela deriva do Latim professus, “aquele que declarou em público”, do verbo profitare, “declarar publicamente, afirmar perante todos”, formado por pro-, “à frente”, mais fateri, “reconhecer, confessar”. Trata-se de uma pessoa que se declara apta a fazer determinada coisa – no caso, ensinar.

, , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *