Go to Top

Quando sinto que já sei

Hoje meu filho mais novo vai começar a estudar em um nova escola. Deveria ser um dia feliz, mas confesso que esta sendo um dia de reflexões. Há exatos 2 anos atrás, ele entrou no Amorim Lima e fiz um post sobre este dia. Gravei um vídeo neste dia – Amorim Lima – Um sonho realizado.

A questão deste post é refletir sobre os desafios da vida de SONHOS e EXPECTATIVAS.

Post escrito dia 6/Fevereiro/2018

No Amorim Lima, temos um café da manhã para novos pais com uma apresentação para todos sobre a escola que termina em uma roda de maracatu para integração de todos.
Vejam o post completo “Amorim Lima – um sonho realizado

Amorim Lima – Uma escola inovadora

O Amorim Lima é uma escola municipal incrível que há mais de 15 anos segue o modelo da Escola da Ponte de Portugal – idealizada por José Pacheco – que há mais de 40 anos tem um modelo livre de educação. Vejam o documentário “Quando sinto que já sei” para conhecerem a Ana Elisa que é a diretora do Amorim Lima e que teve a CORAGEM de liderar um projeto inovador que ajudou e ajuda MILHARES de crianças e jovens a ter uma educação livre.

O documentário também fala de outras escola incríveis com o Projeto Âncora que é uma ONG/Escola que tem um CIRCO no meio da escola e o CPCD (Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento) do Tião Rocha que fica em Minas Gerais e é quem abre o documentário.

Quando sinto que já sei

O nome do documentário foi inspirado quando questionaram uma aluna do Projeto Âncora como ela sabia o momento de ser avaliada, uma vez que não existem PROVAS com dia marcado. Ela respondeu:

“Quando sinto que já sei”.

A vida também deveria ser assim, não? Quando crescemos, nossos desafios vão aumentando e, não raro, temos que tomar decisões e fazer muitas coisas que não gostamos e não sabemos.

Muitas vezes, temos que tomar decisões que não nos deixam felizes, mas quando temos filhos sempre pensamos no que é melhor para eles no FUTURO.

Quando o assunto é educação dos filhos, além do pais e mãe, há a influência dos avós, tios e outras pessoas. O FATO é que hoje se inicia uma nova jornada para meu filho e o mais importante não é me questionar se a nova escola será melhor. Talvez seja melhor no aspecto do conteúdo tradicional – matemática, geografia, português, inglês, etc. – ou talvez não seja.

Porém, um dos aprendizados que acredito ser tão importante quanto o conteúdo formal, é o aprendizado das RELAÇÕES HUMANAS. No Amorim Lima, a diversidade de diferentes perfis de classes sociais, opiniões políticas, religiosas e outros fatores, criam um caldo cultural que é impossível de existir em uma escola particular. As festas e celebrações que contam com grande participação dos pais/mães e comunidade, trazem um aprendizado de COLABORAÇÃO e RELACIONAMENTOS fundamentais para TODAS AS PESSOAS. Aprendi muito nestes 2 anos de Amorim Lima e agora faço parte da COMUNIDADE AMORIM.

Ainda tenho o SONHO de criar um documentário sobre o Amorim Lima e, quem sabe… chegou o momento de AGIR? Talvez possamos criar uma versão da frase….

O que fazer quando sinto que já sei que é preciso mudar?

O insight que tive é que preciso fazer um curso de formação em MATEMÁTICA para conseguir criar projetos de MATEMÁTICA COM ORIGAMI E MAKER.

E você? O que poderá fazer QUANDO SENTIR QUE JÁ SABE O QUE PRECISA MUDAR?

Gosto muito desta matéria da Ana Elisa. Gratidão a ela por sua CORAGEM DE MUDAR e criar uma ESCOLA COM ASAS.

HÁ ESCOLAS QUE SÃO GAIOLAS. HÁ ESCOLAS QUE SÃO ASAS.

Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros
desaprendam a arte do vôo. Pássaros engaiolados são
pássaros sob controle. Engaiolados, o seu dono pode
levá-los para onde quiser. Pássaros engaiolados sempre
têm um dono. Deixaram de ser pássaros. Porque
a essência dos pássaros é o vôo.

Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados.
O que elas amam são os pássaros em vôo.
Existem para dar aos pássaros coragem para voar.
Ensinar o vôo, isso elas não podem fazer, porque
o vôo já nasce dentro dos pássaros. O vôo não pode ser
ensinado. Só pode ser encorajado”.

Rubem Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *