Go to Top

Redes de ensino/aprendizagem

Lembro que em 1997 fiz meu primeiro site e em 1998 fundei a Arteweb Internet Solutions quando tive a ilusão que ficaria rico fazendo “páginas para internet”. Este ano percebi que nestes 15 anos de empreendedorismo, meu maior patrimônio é o conhecimento e a experiência que acumulei ao longo dos anos. Atualmente, estou com três projetos em diferentes áreas:

logo-konfide-11anosCursos livres de marketing digital e outros temas relacionados. Mensalidade: R$ 100 “jovem” estudante R$ 200 empresas cursos.konfide.com.br/academia Logo SBAP - 200pxRede de profissionais especializados em apresentações, principalmente o Prezi. www.sbap.com.br sbap.com.br/rede-de-prezers  Wikisocial3-200pxRede de voluntários para criação de sites para ONGs utilizando a plataforma Joomal!. www.wikisocial.com.br

O que há em comum entre estes projetos?

Todos tem como objetivo se tornarem redes de ensino/aprendizagem. A explicação poderia se tornar longa, caso eu explicasse os diversos pontos que conectei para chegar a esta conclusão. Peço que leiam as referências de leitura no final deste post. Acredito que esta frase resume toda filosofia:

“Feliz aquele que transfere o que sabe e que aprende o que ensina” Cora Coralina

Qual o motivo para as pessoas fazerem cursos e buscarem novos aprendizados? Um dos motivos é o crescimento profissional, pois adquirindo novas competências é possível conquistar melhores empregos ou conquistar novos cargos dentro da empresa. Porém, muitas pessoas buscam uma realização pessoal e a busca por algo que AMA FAZER.

E o que motiva o PROFESSOR? Muitos amam dar aulas e compartilhar conhecimento/experiência para ajudar os outros a descobrirem seus talentos. Porém, muitos dão aula como forma de promoção pessoal/networking e pela remuneração. Nada contra isso, mas acredito que em primeiro lugar SEMPRE deve vir a preocupação com os alunos.

Qual a motivação para as redes de ensino/aprendizagem?

Antes de entender os motivos que me levaram a pensar em novos formatos de ensino/aprendizagem é importante compreendermos o cenário e as mudanças na educação. O ensino à distância e os vídeos facilitaram o acesso ao conhecimento por qualquer pessoa com conexão à internet. Os dispositivos móveis, principalmente o iPad e iPhone, tornam possível o estudo 24h e em qualquer lugar. As novas geração Y e Z possuem uma facilidade incrível de realizar múltiplas tarefas e não querem mais o modelo tradicional de ensino.

O objetivo de transformar todos projetos em redes de ensino/aprendizagem no qual os participantes fazem um investimento mensal. Com isso, podem participar dos cursos sem custos adicionais ou obter descontos em cursos de parceiros. Além disso, e talvez o mais importante, os alunos que quiserem dar aulas poderão começar com aulas particulares ou em grupos pequenos.

Você ama o que faz?

Em um mundo com tantas possibilidades de aprendizados não há razão para as pessoas fazerem o que não gostam. A Box1824 criou um excelente vídeo “All Work and All Play” que explica de forma incrível as diferentes formas de se relacionar com o trabalho das gerações baby-boomers, X e Y (Millenials).

Referências:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *