Go to Top

Revolução da educação ou revolução do ensino? Tempo de aprender!

Na medida que ficamos mais velhos ganhamos mais experiência, principalmente com os erros que cometemos.

“A experiência não é o que nos acontece; é o que fazemos com aquilo que nos acontece.” Aldous Huxley

Quando somos jovens temos a tendência de nos influenciar com maior facilidade e seguir “tendências”. Duvida?

Houve uma época que o grande sonhos dos jovens era se formar na faculdade e sair com emprego para trabalhar longos anos. Depois veio um período no qual ser um grande executivo e ser workholic sem tempo para família era sinal de status. Atualmente, há uma grande valorização pela Geração Y que valoriza mais a liberdade e qualidade de vida. Também vemos um grande movimento do empreendedorismo e parece que não ser empreendedor é como não gostar de futebol, ou seja, alguém que está “fora da moda”.

Ok, mas o que tudo isso tem haver com o tema do post “Era da educação ou revolução do ensino? Tempo de aprender!“?

Para continuarmos com esta reflexão, gostaria que respondesse uma pergunta:

Você está fazendo o que ama neste momento?

Esta pergunta é o início deste vídeo incrível sobre as diferentes gerações Baby-Boomers, X e Y.

All work and all play (legendado) from Box1824 on Vimeo.

Eu estou fazendo o que amo! Apesar de ser domingo e estar no SESC Belenzinho com a família, eles na piscina e eu trabalhando. Fiz uma pausa na palestra que estou preparando para Siemens Audiologia sobre Marketing Digital. Eu adoro aprender novos temas, conectar pessoas e ter novas ideias. Para uma palestra ou aula ainda temos o desafio de transmitir estas ideias e insights de forma didática com o objetivo de facilitar o aprendizado dos alunos. Vejam o material incrível sobre o tema Audiologia que reuni no Pinterest.

Revolução da educação

A humanidade atravessou várias eras e revoluções: Idade da Pedra, Revolução da Agricultura, Revolução Industrial, Revolução da Informação, Revolução do Conhecimento, etc. Vejam este excelente documentário Humanidade – A História de Todos Nós.

A internet e a tecnologia estão revolucionando praticamente todas as áreas de conhecimento. A revolução da comunicação que deixou de ser um recurso restrito a grande grupos e passou a ser acessível a qualquer pessoa com um celular com acesso à internet inverteu todas as regras de negócios.

Apesar do grande foco em marketing que a internet teve ao longo de muitos anos, acredito que nos últimos anos está acontecendo uma mudança em direção EDUCAÇÃO. Na minha opinião, a principal razão para isso é a facilidade de publicação de vídeos online. Neste gráfico do artigo “The Web Is Dead. Long Live the Internet“, Chris Anderson mostra que o volume de conteúdo que será compartilhado no formato vídeo irá crescer muito.

Grande parte da educação será através de vídeos online e será realizada fora dos centros formais de ensino.

Revolução do ensino

O ensino tradicional tem como base as escolas e universidades, porém o mundo atual criou uma infinidade de oportunidades de trabalho e aprendizado. O ensino deixou de ser monopólio das grandes instituições, pois qualquer um pode criar uma escola online para compartilhar seu conhecimento. Foi desta forma que Salman Khan se tornou o “melhor professor do mundo” ao compartilhar suas aulas através de vídeos e transformar a Khan Academy em um modelo de ensino.

Outro dia, conversando com um taxista ele comentou que a filha dele está cursando faculdade de Publicidade. A mensalidade é superior a R$ 1 mil e fazendo uma conta rápida, 4 anos de estudo equivalem a um investimento de mais de R$ 50 mil. O pior é que após todo este esforço, a faculdade irá ajudar muito na busca por uma colocação no “mercado de trabalho”. Pensem comigo, qual é a lógica deste modelo? Reconheço que áreas como medicina e engenharia precisam do ensino formal. Porém, áreas como comunicação, marketing, criação, programação, design e dezenas de outras realmente precisam do ensino formal ou tudo isso faz parte de uma indústria? Acredito que vivemos uma fase de transição e cabe a cada um tomar sua decisão pessoal em torno dos temas APRENDIZADO e TRABALHO.

Tempo de aprender

Em minha palestras uso a Kodak como exemplo de empresa que não soube se reinventar. A fotografia digital atropelou a fotografia análogica. O Instagram não poderia ter nascido dentro de uma “área de pesquisa” da Kodak?

Fica como reflexão para pergunta:

As instituições formais saberão se reinventar na área de educação?

Assisti uma palestra organizada pela School of Life Brasil de Roman Krznaric cujo tema era “Uma nova visão sobre trabalho” onde ele faz boas provocações para mostrar a ambiguidade que muitas pessoas estão vivendo na questão do trabalho.

Uma das frases que mais gostei na palestra foi “Aja primeiro, pense depois”. A explicação para esta frase é que a grande maioria das pessoas fica “planejando” um novo trabalho, mas não agem! Ficam fazendo dezenas de cursos, MBAs e cursos online, mas não partem para AÇÃO.

Uma das melhores frases que ele citou foi:

“Onde as necessidades do mundo e os seus talentos se cruzam, aí está a sua vocação.” Aristóteles

Há alguns anos, escrevi o artigo “Da Revolução Industrial à Revolução do Conhecimento” no qual questiono o modelo atual de trabalho e a importância de ter um equilíbrio entre Lazer, Trabalho e Aprendizado como Domenico de Masi explica em seu livro Ócio Criativo.

Levei mais de 10 anos para compreender a essência do Ócio Criativo, mas acredito que descobri que a fórmula seja mais simples e que também aprendi em um livro que li há muitos anos atrás.

Há muitos anos (muitos MESMO) eu li o livro “As Sete Leis Espirituais do Sucesso” de Deepak Chopra que é um médico indiano e autor de mais de 25 livros de auto ajuda.

O livro foi lançado em 1994 e foi um dos maiores sucessos de venda.  Uma das frases que me marcou foi:

 “Descubra algo que faria de graça o resto da vida e depois dê um jeito de ganhar dinheiro.”

Você pode estar pensando “Falar é fácil, difícil é colocar em prática”, “No meu caso é complicado porque…” e outros pensamentos para justificar razões para discordar da frase acima.

A verdade é nunca foi tão fácil ter um site para divulgar seus produtos/serviços, lançar uma loja virtual, dar aulas online, fazer consultoria via internet, etc. O problema é que o que é fácil para um é fácil para todos e a velha lei da oferta e procura tende a tornar barato o que tem muitas ofertas.

Mais do que nunca é fundamental você descobrir sua essência e
saber o que tem paixão a ponto de “fazer de graça”

Caso contrário, corre o risco de se tornar um eterno garimpeiro.

Escrevi um artigo “A Corrida do Ouro e a Internet” que foi inspirado em uma pergunta feita por um cliente:

“Você sabe quem ganhou dinheiro na corrida do ouro? Quem vendia pás e picaretas”

Esta pergunta me fez aprender a ficar atento e buscar identificar “grandes oportunidades” e evitar me tornar novamente um garimpeiro do mundo digital.

A decisão de mudar é sua!

No post anterior “O que você vai aprender em 2014” eu proponho reflexões em torno do tema aprendizado e comento os diversos projetos e parceiros de cursos. Destaco os dois que considero mais inovadores:

Escola São Paulo

A Escola São Paulo de Economia Criativa é um daqueles lugares que você entra e se apaixona.A proposta da Escola São Paulo é ser um ambiente inspirador para que as pessoas busquem a sua própria formação através de cursos livres que podem ser organizados de forma personalizada.

Hub Escola

Hub EscolaO Impact Hub é uma comunidade global de Empreendedores de Impacto, um ecosistema único de inspiração, recursos, conhecimento e oportunidades de colaboração para criarmos um mundo radicalmente melhor.

Academia Konfide – Rede de ensino/aprendizagem

Este ano a Konfide Marketing Digital se transformou na Academia Konfide que tem como objetivo ser um espaço para os membros compartilharem conhecimento e experiência em encontros presenciais e online.

O conceito da Academia Konfide tem como inspiração a antiga academia de Platão que teve origem na Grécia Antiga. O aprendizado era realizado através do ensino informal com lições e diálogos entre os mestres e os discípulos.

Não sei se vamos revolucionar a educação ou ensino, apenas sei que estou revolucionando a minha forma de aprender e ensinar. A Academia Konfide também tem como meta ser um espaço de co-criação, colaboração e experimentação para os membros empreenderem em grupo.

Se quer fazer parte deste grupo, visite o site:

www.academiakonfide.com.br

E uma frase final para refletirmos:

“Você culpa seus pais por tudo, isso é absurdo. .. São crianças como você…
O que você vai ser quando você crescer…” Legião Urbana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *