Go to Top

A História de um ponto – De onde veio o Laboriosa 89

Oswaldo de Oliveira começou o evento “A História de um Ponto” contando sua trajetória desde sua viagem no rio São Francisco até sua carreira na bolsa de valores.

Este post será uma série de anotações, portanto peço a compreensão que não terá um trabalho de redação mais elaborado.

Um amigo decidiu trabalhar com uma empresa na áreas de paraquedismo e também trabalhou na RadiumSystem.com. Ele seu mudou para São Carlos que era um pólo de tecnologia e foi a época do auge e da bolha da internet.

Ele comentou sobre um dos desenvolvedores da Radium Systems – Kiko Reis – com quem teve o diálogo:

– (Ki) Qualquer software que fosse desenvolvido, vou desenvolver como um software livre e distribuir de graça
– (Oswaldo) Por quê?
– (Ki) Primeiro, porque eu POSSO. Segundo, porque eu QUERO!

Achei este vídeo bacana sobre a história do Open Source em LEGO 😉

Nas conversas com o Kiko ele descobriu que o Linux era mais estável, seguro e não tinha custos de licenças.

Na MediaLab, Nicholas Negroponte

Usar a tecnologia de redes para desenvolvimento local de negócios.

O projeto OLPC (One Laptop per Child) que tem como objetivo criar uma rede de aprendizado em rede empoderando as crianças com notebooks que baixo custo.

Teia – Tecnologia, Empreendedorismo e Inovação Aplicados

http://teia.mg.gov.br

Triste saber que este projeto não deu certo devido à hierarquia do governo.

Fundaram a “Empresa TEIA” durante alguns anos.

https://www.facebook.com/EmpresaTEIA

Depois disso, ele decidiu focar na empresa:

tradicionalmente inovador

http://oswaldooliveira.biz

“Você não precisa ter uma marca, pois elas passam. O importante é são as relações”

 

Referências:

  • http://www.brainstorm9.com.br/1119/advertising/campanha-do-estadao-contra-os-blogs/

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *