Go to Top

Que país é esse?

Abri oficialmente minha primeira empresa em 1998 e foi a produtora de sites – Arteweb Internet Solutions. Mal sabia que seria o início de uma penosa trajetória empreendedora na qual tentei criar agências digitais e que no final tive que fechar todas e assumir dívidas.

Eu acho um absurdo ver tantos empreendedores como eu que se dedicaram tanto ao negócio, não conseguirem colher o que plantaram por uma falta de apoio ao empreendedor e impostos abusivos.

Uber é solução? Ou um sinal de mudanças?

Gosto de andar de Uber porque conheço uma história de vida diferente a cada viagem. Grande parte dos motoristas são ex-donos de empresas que fecharam e perderam tudo que construíram como empreendedor. Outra parte são pessoas que perderam empregos e não tivaram outra alternativa para ganhar dinheiro. Porém, uma parcela considerável são pessoas que tem outra ocupação (ou até um emprego) e usam o Uber para gerar renda extra.

Uma realidade comum é que TODOS precisam dirigir muito para conseguir chegar em um bom resultado financeiro.

Confesso que acho as taxas do Uber altas, mas o mercado de trabalho que ele criou mostra que vivemos tempos de mudança. O Uber ajuda tantos passageiros como motoristas e a cada viagem pode ser uma nova conexão e oportunidade. Outro dia, peguei o Uber com o Moses Nelson que é sul-africano, mora no Brasil há 18 anos e dá aulas de inglês. Fui praticando meu inglês e dei algumas dicas para ele formar grupos de conversação.

Há muito preconceito no Brasil com profissões “menos nobres” como motorista de Uber.

Sou coach! Sou palestrante! Sou especialista em Marketing Digital!

Algumas áreas cresceram muito e, infelizmente, há uma tendência de banalização. O coaching vem crescendo muito, mas o grande problema que vejo neste mercado é o EXCESSO de foco nos CURSOS DE COACHING. Ou seja, na promessa de ganhar dinheiro fazendo COACHING. O mesmo acontece em mercado como PALESTRAS e MARKETING DIGITAL.

Sempre que vejo um mercado em grande crescimento, lembro da pergunta:

“Quem ganhou dinheiro com a corrida do ouro?”

Resposta: Quem vendeu pás e picaretas

Então, sempre fico analisando quem está vendendo pás e picaretas.

O que vemos é que a VENDA e promessas são muito boas, mas a REALIDADE é que a velha lei da OFERTA E PROCURA sempre prevalece. Então, é comum vermos situações como:

  • Palestrantes que nunca deram palestras remuneradas
  • Coaches que só atendem clientes “pro bono”
  • Consultores de Marketing Digital sem clientes ou cobrando preços baixos

Editora Abril – Lições aprendidas

A falência da Editora Abril que era um símbolo de empresa sólida e carreira promissora nos traz algumas lições.

“Os irmãos Giancarlo e Victor Civita Neto não terão de honrar os compromissos com centenas de funcionários demitidos pelo Grupo Abril em agosto. Eles também não precisam mais se preocupar com a dívida de R$ 1,6 bilhão da companhia que está em processo de recuperação judicial. Em meio ao calote com profissionais, bancos e fornecedores, os dois sacramentaram a venda da empresa para Fábio Carvalho, da Legion Holdings.”

Fonte: https://portal.comunique-se.com.br/apos-calote-em-funcionarios-irmaos-civita-vendem-o-grupo-abril/

Pai Rico, Pai Pobre – Quadrantes do fluxo de caixa

Um dos maiores best-sellers das últimas décadas é o “Livro Pai Rico, Pai Pobre” e o quadrante do fluxo de caixa é bem didático. TODOS gostariam de chegar ao quadrante INVESTIDOR, mas COMO CHEGAR LÁ?

Abrindo empresas? Colocando dinheir no banco ou em aplicações?

Marketing de Rede – Tendência ou Pirâmide?

Eu conheço o Marketing de Rede ou Marketing Multinível desde 1994 quando conheci a Amway. Achei interessante, mas não tinha o perfil de organizar as reuniões e falar produtos de limpeza concentrados. Nos últimos anos, entre na Herbalife e Polishop, mas não me dediquei. Eu sempre busquei uma empresa de marketing de rede cujos produtos eu REALMENTE acreditasse. Além disso, é um fato que em todas as empresas de marketing de rede é necessário a etapa do RECRUTAMENTO e que uma boa parte das pessoas vai acabar desistindo.

Sabemos que algumas empresas entram neste mercado para gerar lucros rápidos para depois fechar. Estes modelos que as pessoas tem um ganho fácil e rápido são as famosas “PIRÂMIDES FINANCEIRAS” e acabam denegrindo a imagem do modelo de negócios de Marketing de Rede.

Marketing de Rede é uma TENDÊNCIA MUNDIAL, pois ao mesmo tempo que você é vendedor, você também vai recrutar pessoas para sua rede. A lógica é simples: Ao invés de gastar dinheiro $$$ investindo em estruturas em shoppings, funcionários e propaganda, as empresas de marketing multinível investem na formação de REDES DE PESSOAS.

Vejam o resumo do “Livro GoPro – Marketing de Rede” no blog MarcioOkabe.com.br.

Usando o quadrante do fluxo de caixa é simples avaliarmos como devemos investir nosso TEMPO e DINHEIRO.

O motorista de Uber é AUTÔNOMO e mesmo que dirija ANOS, se parar de dirigir seu ganho será ZERO! Quem decide participar de redes de marketing multinível estará criando uma rede de CONSUMO INTELIGENTE através das pessoas que ela convida para rede. Mesmo que as pessoas não queiram se tornar vendedoras, elas podem se tornar CONSUMIDORAS. Depois de ANOS focando em marketing multinível, você terá um GANHO $$$ que corresponde ao quadrante de investidor.

Por que decidi participar da Aloha Life?

O fundador da Aloha Life é o Carlos Wizard – um dos maiores empreendedores brasileiros – que vendeu o Grupo Multi que era uma holding de empresas de educação por quase 2 bilhões de reais. Atualmente, ele está com um novo grupo de empresas e a Aloha Life é a empresa que ele abriu com as filhas.

A curiosidade é quem em 2011, eu ministrei curso de Apresentações com Prezi para o grupo Multi em Campinas. A vida realmente dá voltas e tenho um motivo adicional para fazer parte da Aloha Life: Quero ser parte da equipe de treinamento da Aloha e de outras empresas do grupo do Carlos Wizard!

“Sonhar grande e sonhar pequeno dá o mesmo trabalho.” Jorge Paulo Lemann

Que país é esse? Brasil é um país de OPORTUNIDADES!

“Onde há problemas, há oportunidades”

Apesar de todos os desafios para ser empreendedor no Brasil, Eu AMO este país e quero ajudar a mudar esta realidade. Comecei o artigo reclamando dos IMPOSTOS e colocando a CULPA neles. Porém, quem toma as decisões da minha vida sou eu. Muitas pessoas são bem sucedidas com suas empresas ou empregos, muitas estão felizes sendo autônomas e muitas estão tendo sucesso no marketing multinivel.

Faça parte da minha rede

Como entrei na Aloha Life?

Conheci a Simone Cafure no vôo para Rondônia e como sempre faço, dei um origami de presente para puxar conversa. O resto da história, você já pode imaginar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *