Go to Top

E agora José? O Brasil perdeu a Copa!

O Brasil não perdeu apenas a Copa do Mundo, foi humilhado pela Alemanha. Confesso que não fiquei triste, apesar de ter torcido durante o jogo. Fui assistir no SESC Vila Mariana que tem um espaço muito legal para os jogos. Meu filho mais novo de 4 anos ficou brincando o tempo todo e o mais velho de 11 anos ficou triste.

Acho que este é um excelente momento para REFLETIRMOS DE VERDADE sobre o que é importante. Havia uma grande expectativa de protestos antes da Copa que não se concretizaram. Sabemos que houveram protestos reprimidos com violência, mas não chegou a acontecer uma grande mobilização. O fato é que a DERROTA contra a Alemanha pode ter surtido mais efeito do que grandes protestos. Afinal, foi uma prova que o trabalho sério de um grande país como a Alemanha – que foi a vilã em duas grandes guerras mundiais – pode trazer resultados efetivos. Meu amigo – Luiz Sakuda – postou o artigo “Alemanha usa pesquisa acadêmica contra o Brasil“.

Agora que acabou a Copa para o Brasil – apesar de saber que temos grandes chances de pegar a Argentina na disputa do terceiro lugar – podemos parar para refletir sobre o que realmente precisamos para o Brasil. Postei algumas mensagens no Facebook:

Boa lição, não? Que tal investir em outros esportes que podem nos trazer alegrias? Olimpíadas 2016… Pais/mães, meu filho está feliz no tênis de mesa. Que tal deixar que ele escolha o esporte (e outras coisas) que ele (a) goste?

Se a Dilma tinha esperança de se valorizar com a Copa com uma final com Brasil campeão…  Creio que acabou a Copa e precisamos sofrer pela pobreza, educação, etc. #MudaBrasil #ForaDilma

Deus é brasileiro. Sejamos francos, se o Brasil ganhasse, o povo iria esquecer a política. É uma pena a tristeza das crianças, mas será um bom motivo para elas (e nós) aprendermos muitas lições.

Vale a pena ver alguns vídeos dos protestos.

Vídeo de uma brasileira contra a Copa do Mundo com informações e dados sobre outras copas.

Fifa e Copa usam o mascote Fuleco, mas não divulgam o risco de extinção do Tatu Bola.

A ONG Associação Caatinga não recebeu apoio da Fifa para preservação do Tatu Bola.

“O líder da Associação Caatinga, organização não governamental que propôs o tatu-bola como mascote da Copa, diz que a Fifa tentou um acordo de última hora com grupos que defendem a preservação do animal, mas o valor oferecido era “uma proposta indecorosa”, segundo Rodrigo Castro. A bilionária entidade máxima do futebol, que teve um lucro de US$ 2,4 bilhões nos quatro anos de preparação da Copa 2014, encerrou as negociações depois que a ONG não aceitou os US$ 300 mil que ofereceu. E que seriam distribuídos em 10 anos.” Fonte: UOL

Anonymous e Protesto contra a Copa

Contra A Copa: The Other Side of Brazil’s World Cup (Part 1)

Poema “E agora José” de Carlos Drummond de Andrade
No final deste vídeo, esta frase nos faz refletir sobre a nossa responsabilidade em mudar a sociedade.
“De nós, velhos, desculpam-se os erros, pois não encontramos as estradas abertas; mas de quem chegou ao mundo depois de nós, pode-se exigir mais; andarão por caminhos que nós já abrimos.” J. P. Eckermann Alemanha 1792/1854
Por ironia, a frase é de um alemão 😉

Imagens de Protestos

Pesquisei no Google Images “Copa do Mundo Protestos” e vejam o que encontrei. Acho bem interessante refletirmos e torço para que na final da Copa sem o Brasil, as pessoas aproveitem para manifestar de forma pacífica seu desejo por mudanças.

Os 50 anos do Golpe de 64 e a Copa do Mundo

“Hoje, o governo brasileiro tenta deslegitimar os protestos contra a Copa do Mundo criando um suposto antagonismo entre nacionalistas e não nacionalistas, como se lutar por saúde e educação pública de qualidade, ou pelo direito de se manifestar, fosse uma atitude contrária ao bem do país.

Assim, o governo usa da nossa “paixão nacional” para tentar desviar a atenção e garantir a “Copa das Copas”. Mas isso não é uma prática de hoje, tempos atrás senhores distintos usaram dessa mesma tática para esconder as mazelas de um regime.”

Artigo completo: http://www.pstu.org.br/node/20422

Brasil, o país da alegria e do povo acolhedor

Não quero que este post seja pessimista, muito pelo contrário! A imprensa internacional está falando muito bem de como o povo brasileiro é acolhedor e alegre.

Acho que temos que aprender a canalizar esta energia para outras coisas, além do futebol.

Vejam as Fotos das Crianças na Copa do Mundo.

Por que este post está na categoria FELICIDADE? 

Acredito que temos que aprender de uma vez que esporte é ganhar ou perder a partida, mas o que importa é competir. Tenho falado muito sobre o tema FELICIDADE e esta palestra do monge Matthieu Ricard é bem inspiradora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *