Go to Top

Eduardo Shimahara – Vai! E, se der medo, vai com medo mesmo!

Já dizia o poeta Vinícius de Moraes “A vida é feita de encontros e desencontros.”

Conheci virtualmente o Eduardo Shimahara por intermédio do André Gravatá e apenas troquei algumas mensagens por Facebook.

Ambos foram cocriadores do projeto “A Volta do Mundo em 13 Escolas”.

Ontem, soube da morte do Eduardo Shimahara através de uma mensagem o Facebook. Vi o post do Gabriel Baum que é uma das pessoas que mais me inspira. Filho da Sabrina de Campos que me fez trilhar o caminho da educação.

Fica minha homenagem e gratidão ao Eduardo Shimahara que no seu vídeo HEART and MIND me trouxe ENERGIA para fechar uma semana com muitas ALEGRIAS e muitas REFLEXÕES sobre como podemos seguir a vida neste período de desafios.

VAI. E, se der MEDO, VAI COM MEDO MESMO!

Esse vídeo parece ter sido escrito para minha vida. Assisti uma dezenas de vezes.

Ao acordar de manhã. Devemos perguntar a nós mesmos “Estamos no lugar certo?”

Quanto mais você segue sua intuição, mais sua intuição se torna mais forte e você fica mais relaxado para segui-la. Este é o tempo que foi dado a você. Você tem 80 anos. Como você quer viver essa vida? Há uma voz interior, talvez tentando falar com você. Acalme-se e ouça seu coração. E apenas vá em frente, e isso é a coisa certa para você fazer.

Como podemos nos sentir tão conectados a uma pessoa que nunca conversei na vida, me sentir tão conectado no momento de sua morte?

PROPÓSITO E IKIGAI

Este post fica como minha homenagem a uma pessoa que trilhou sua jornada IKIGAI e ajudou a inspirar MILHARES DE PESSOAS NA EDUCAÇÃO.

Assistam seu vídeo do TEDx São Paulo 2009.

Meu vídeo em homenagem ao Eduardo Shimahara que, infelizmente, não tive o prazer de conversar pessoalmente.

4 Responses to "Eduardo Shimahara – Vai! E, se der medo, vai com medo mesmo!"

  • Safiya Beatriz
    30 de julho de 2020 - 15:34 Reply

    Também sou uma admiradora do trabalho dele e da pessoa dele
    Linda homenagem a sua
    Eu nunca encontrei o Shima pessoalmente e só conversamos pela internet
    Desejo muita luz para ele e lamento a morte dele assim como todos que conseguiram mesmo que pela internet ter contato com ele.

    • marciookabe
      7 de agosto de 2020 - 6:31 Reply

      Olá Safiya,
      Obrigado por sua colaboração. Eu acredito que nenhum encontro é por acaso e a internet e youtube, de certa forma, é como dominarmos o tempo e tive a sensação de conhecer ele ao ver o vídeo.
      Talvez o maior legado que podemos deixar é inspirar outras pessoas a levar adiante a mesma causa.
      Abraços,
      Marcio Okabe

  • Cristina Ayres
    30 de julho de 2020 - 18:02 Reply

    Grata por homenagear uma figura como Eduardo. Eu o conheci por conta da África do Sul.

    • marciookabe
      7 de agosto de 2020 - 6:29 Reply

      Olá Cristina,
      Obrigado pelo comentário. Adoraria conhecer, pois não tive o prazer de falar pessoalmente com ele, mas sinto-me conectado na mesma missão.
      Abraços,
      Marcio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *