Go to Top

Estratégia da 3 Caixas para Inovação

Assisti a palestra de Vijay Govindarajan no HSM 2010 onde ele explicou a estratégia da inovação baseada nas 3 caixas – Presente, Passado e Futuro.

Ele explica que um dos maiores desafios das empresas para inovar é o fato de permanecerem na zona de conforto (PRESENTE) devido à competição pelo PRESENTE. As empresas deveriam continuamente “abandonar seletivamente” o passado e as práticas que não colaboram para os novos modelos de negócios.

Estratégia = Inovação

Na entrevista abaixo, Vijay Govindarajan explica que estratégia está relacionada a mudanças e como devemos nos adaptar ao futuro. Inovação significa se adaptar para MUDAR, portanto ESTRATÉGIA É INOVAÇÃO.

Em um mundo em transformação, não é fácil conseguir inovar e se diferenciar da concorrência. Para isso, ele recomenda que as empresas conduzam pequenos EXPERIMENTOS  para criar pequenas mudanças. As grandes mudanças são resultados de pequenas mudanças e ele usa como exemplo as placas tectônicas que dão sinais antes de um terremoto.

Um dos exemplos mais didáticos sobre inovação disruptiva é a evolução do salto em altura. O paradigma sobre a forma mais eficiente de saltar sofreu grandes mudanças ao longo do tempo.

Neste vídeo, Vijay Govindarajan faz um resumo do seu livro “Three Box Solution”.

Ainda não li o livro, mas compreendi o conceito. É FUNDAMENTAL para qualquer empresa ter um equilíbrio e saber em quais caixas estão seus projetos.

Visitem o site oficial sobre o livro e dos cursos – http://www.3boxsolution.com.

Inovação Reversa – Inovar em países pobres

Outro tema que Vijay Govindarajan tem promovido é o conceito da inovação reversa. Usei um trecho do blog do Paulo Peres.

“Historicamente, multi-nacionais inovaram nos países ricos e vendiam os produtos nos países pobres. Inovação reversa está fazendo exatamente o oposto. É sobre inovação em países pobres e trazer esses produtos para países ricos.” Fonte: Abrandando

Selecionei alguns vídeos para compreender o conceito da inovação reversa.

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *