Go to Top

Metáfora do Navio – Saber onde bater o martelo

Algumas metáforas são clássicas e merecem ser conhecidas por todos. Uma das que mais gosto quando quero falar da importância de ser consultor e quanto vale o trabalho da consultoria é a metáfora do “Conserto do Navio”.

Um navio que vale milhões de dólares quebrou e o prejuízo de um dia parado no porto era de milhares de dólares.

O comandante “desesperado” chamou um técnico naval e pediu um orçamento. O técnico avaliou o navio e passou um orçamento de R$ 100 que foi prontamente aprovado. Porém, após um dia inteiro tentando consertar o navio, o técnico desistiu e disse que não era necessário pagar os R$ 100.

Um engenheiro naval foi chamado e passou um orçamento de R$ 1000 que também foi prontamente aprovado, e mais um vez o dia terminou e o navio continuava quebrado.

O comandamente, não sabendo mais o que fazer, foi pesquisar no Google “engenheiro especialista em conserto de navios” e descobriu um blog de um especialista que foi imediatamente chamado para fazer um orçamento.

Chegando ao navio e após uma breve inspeção, o especialista passou o orçamento de R$ 10 mil. O comandante achou “caro”, mas como não havia alternativa, aprovou o orçamento.

O especialista inspecionou algumas válvulas, e após 15 minutos tirou um pequeno martelo da mala de ferramentas e bateu algumas vezes em uma válvula. Como num passe de mágica, o navio volto a funcionar!

Fechando com calma a mala de ferramentas, o especialista passou na cabine do comandante para cobrar pelo serviço. O comandante reclamou “Puxa, mas você ficou apenas 15 minutos e vai me cobrar R$ 10 mil?”. O especialista pegou uma folha de papel e escreveu:

Orçamento detalhado:
– Martelada na válvula – R$ 0,50
– Saber em qual válvula dar a martelada – R$ 9.999,50

Boa reflexão a todos!

“A essência do conhecimento consiste em aplicá-lo, uma vez possuído.”
Confúcio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *