Por que as pessoas fazem cursos?

Gostaria que refletisse alguns instantes sobre a pergunta:

Por que as pessoas fazem cursos?

Agora veja algumas imagens que selecionei.

Acredito que as pessoas fazem cursos para aprender mais rápido do que aprenderiam sozinhas, pois todo conteúdo já está disponível na internet e quase tudo de graça. Porém, as pessoas fazem curso para APLICAREM o conhecimento que aprenderam. E aplicarem com qual objetivo?

Para o seu trabalho de forma a serem mais produtivas, ganharem mais dinheiro para economizar e poderem aproveitar a vida e ser feliz. 

O problema é que o modelo de educação atual está obsoleto, pois está baseado na premissa de um professor que SABE e alunos que APRENDEM. A geração mais jovem que tem facilidade no uso de tecnologia e internet já percebeu que aprender ONLINE é mais fácil, divertido e eficaz. Acredito que é necessário criarmos um modelo que seja uma mistura de ONLINE com PRESENCIAL. O presencial permite criar EXPERIÊNCIAS e CONEXÕES FORTES que seriam impossíveis no online. O ONLINE permite conectar com uma RAPIDEZ e DISPONIBILIDADE de qualquer hora e lugar. Escutem meu podcast com minha visão sobre CURSOS.

Como aplicar na prática o que foi aprendido nos cursos?

Ministro cursos de Marketing Digital e Prezi há muitos anos, porém percebo que grande parte dos alunos aprende e compreende a importância dos temas, mas não conseguem APLICAR NA PRÁTICA.

Um das minhas teorias é baseada na Curva de Adoção de Inovação que divide as pessoas em 5 perfis. Clique na imagem para ler no Blog do Nei uma excelente explicação do tema. As pessoas visionárias (early-adopters) participam de cursos, aprendem rápido e conseguem aplicar o que aprenderam. Os pragmáticos e conservadores têm dificuldade em sair da zona de conforto e MUDANÇAS nem sempre são fáceis.

A solução que sempre estimulo nos meus cursos é que as pessoas façam networking e busquem fazer conexões com pessoas de perfis diferentes. Com isso, depois do curso podem compartilhar experiências e conhecimento.

Fazer cursos pode ser divertido?

As crianças aprendem brincando, então por que não aprendemos de forma divertida? Vejam o curso de “Marketing no Google e AdWords” que irei ministrar no Hotel Fazenda Santa Mônica. A ideia é permitir que a família se divirta, enquanto o pai ou mãe participa do curso.

Leiam meu post “Quem mexeu no meu queijo” onde falo sobre mudanças.

“O analfabeto do século XXI não será aquele que não consegue ler e escrever, mas aquele que não sabem aprender, desaprender, e reaprender.” Alvin Toffler

2 Comments

Fazer curso vc aprende melhor porque em grupo se descute o assunto e arendi com cada um , e tem que marcar presença , fora o sertificado que conta muito, se fazermos pela net nao temos essa vantagens , é muito bom aprender, e o estudo é uma coisa que ninguen tira da gente.

Fazer curso vc aprende melhor porque em grupo se descute o assunto e aprende com cada um , e tem que marcar presença , fora o sertificado que conta muito, se fazermos pela net nao temos essa vantagens , é muito bom aprender, e o estudo é uma coisa que ninguen tira da gente.

Deixe uma resposta