Doação de Sangue

Todos já recebemos e-mails solicitando apoio para doação de sangue. Porém, a grande maioria das pessoas apenas pensa “Vou doar!” Mas acaba encontrando alguma desculpa e não vai doar. Para minimizar a sua consciência acaba pensando “No final, sempre arrumam alguém para doar…”.

Infelizmente, o ser humano tem o hábito de construir pensamentos que o confortem e tem a sensação que PENSAR já é fazer parte. NÃO É! Pensar é como curtir no Facebook! Não resolve.

Minha cunhada enviou um e-mail pedindo a colaboração dos amigos/familiares para sua sogra que está internada e é necessário o apoio na doação de sangue. Desta vez, vou doar e não “pensar em doar”. Que tal criarmos o HÁBITO de doar a cada 3 meses?

"Boa noite, familiares e amigos 
Venho novamente pedir ajuda a vocês.
Minha sogra, Beatriz Malta Gonçalves (dona Bia), está internada no Hospital São Luiz - unidade Jabaquara desde sexta-feira (08/11) por Infarto Agudo do Miocárdio. Teve complicações durante o procedimento de cateterismo cardíaco com choque anafilático e hemorragia pulmonar, necessitando de transfusão de sangue e plasma. Está na UTI, respirando através de aparelho, mas está consciente. 
Precisamos de doadores de sangue para repor o que ela recebeu. Quem puder doar ou pelo menos repassar este email, agradecemos muito!
Obrigada!
Ilka, Bruno, Karin e Thais"

Vídeos de campanhas de doação de sangue

Veja informações importantes sobre doação de sangue retiradas do site do Banco de Sangue de São Paulo –  www.bssp.com.br.

Hospital Professor Edmundo Vasconcelos
Rua Borges Lagoa, 1450 – Vila Clementino
Tel.: (11) 5080-4435
Horário: 2ª à 6ª feira das 8h às 17h
Sábado das 8h às 15h
Estacionamento no local

Hospital do Coração
Rua Abílio Soares, 176 – Paraíso
Tel.: (11) 3053-6537
Horário: 2ª à 6ª feira das 8h às 17h

Unidade Brigadeiro
Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 2533
Tel.: (11) 3373-2050
Horário: 2ª à 6ª feira das 8h às 17h
Sábado das 8h às 15h

Pré-requisitos para a doação:

  • Idade: superior a 18 anos e inferior a 65 anos.
  • Peso corporal: superior a 55kg.
  • Alimentação: não estar em jejum ou não ter ingerido alimentos gordurosos há menos de 4 horas.

Principais causas de inaptidão para a doação de sangue

  • Doenças: candidatos com história de doenças hematológicas, cardíacas, renais, pulmonares, hepáticas, autoimunes, diabetes, hipertireoidismo, hanseníase, tuberculose, câncer, sangramentos anormais, convulsões, ou portadores de doenças infecciosas cuja transmissibilidade através de transfusão sanguínea seja conhecida como Doença de Chagas, Hepatite, AIDS, Sífilis. Estados gripais ou alérgicos contra indicam a doação.
  • Medicamentos: cada medicamento deve ser avaliado individualmente, principalmente pela indicação de seu uso, o que pode excluir o doador, a critério médico.
  • Imunização: cada vacina deve ser avaliada individualmente.
  • Intervalo de doação: o intervalo mínimo entre cada doação deverá ser de 90 dias para a mulher e 60 dias para o homem, desde que num período de um ano se façam no máximo quatro doações para o homem e três para a mulher.
  • Gestação e puerpério: são excluídas as gestantes, as puérperas até 3 meses após o parto e as mulheres que amamentam.
  • Abortamento: são excluídas as candidatas com história de abortamento há menos de 3 meses.
  • Profissão: não são aceitos como candidatos à doação pessoas que NÃO tenham repousado após exercerem trabalho noturno, pessoas que exerçam profissões de risco físico e que não possam interromper suas atividades por 12 horas.
  • Pressão arterial: são excluídos os candidatos com PA máxima acima de 180mmHg ou abaixo de 100mmHg e PA mínima acima de 100mmHg.
  • História de hemoterapia: são excluídos os candidatos que receberam sangue, componentes ou derivados nos 12 meses anteriores à doação, em virtude do risco de transmitirem doenças infecciosas. Idem para transplantes.
  • Malária: são excluídos como doadores os candidatos que nos últimos 6 meses estiveram em área endêmica e que nos últimos 3 anos tiveram Malária. São excluídos definitivamente os doadores que tiveram febre quartã (Plasmodium malarie).
  • Álcool: quaisquer sinais de intoxicação pelo álcool ou história de alcoolismo crônico excluem o candidato. Ingestão de álcool há menos de 12 horas também impede a doação.
  • Perda de peso: perda acima de 10% do peso nos últimos 3 meses.
  • Cirurgias: rejeição por 6 meses a 1 ano para grandes cirurgias, 3 meses para pequenas cirurgias e 72 horas para extração dentária ou manipulação dentária.
  • Grupos em situação de risco aumentado:
    • a) Serão inabilitados de forma permanente como doadores de sangue os candidatos que tenham evidências clínicas ou laboratoriais de doenças infecciosas que sejam transmitidas por transfusão sanguínea.
    • b) Serão inabilitados por 12 meses após a cura os candidatos a doador que tiveram alguma Doença Sexualmente Transmissível – DST.
    • c) Serão inabilitados por um ano, como doadores de sangue, os candidatos que nos 12 meses precedentes tenham sido expostos a uma das situações abaixo:
      • – Homens e/ou mulheres que tenham feito sexo em troca de dinheiro ou de drogas, e os parceiros sexuais destas pessoas.
      • – Pessoas que tenham feito sexo com um ou mais parceiros ocasionais ou desconhecidos, sem uso do preservativo, ou que foram vítimas de estupro.
      • – Homens que tiveram relações sexuais com outros homens e/ou as parceiras sexuais destes.
      • – Homens ou mulheres que tenham tido relação sexual com pessoa com exame reagente para anti-HIV, portador de Hepatite B, Hepatite C ou outra infecção de transmissão sexual e sanguínea.
      • – Pessoas que estiveram detidas por mais de 24 horas em instituição carcerária ou policial.
      • – Pessoas que tenham realizado “piercing” ou tatuagem sem condições de avaliação quanto à segurança.
      • – Pessoas que tenham apresentado exposição não estéril a sangue ou outro material de risco biológico.
      • – Pessoas que sejam parceiros sexuais de hemodialisados e de pacientes com história de transfusão sanguínea.
      • – Pessoas que tiveram acidente com material biológico e em consequência apresentaram contato de mucosa e/ou pele com o referido material biológico.

Informações importantes sobre a doação de sangue:

  • A quantidade de sangue retirada numa doação, 450ml pelos padrões internacionais, representa menos de 10% do total do sangue do corpo de um adulto, e é recuperada rapidamente.
  • Todo o material utilizado na coleta do sangue é descartável, garantindo a segurança do doador.
  • Pelo mesmo motivo, todas as etapas do processo são informatizadas, com utilização do código de barras.
  • Doar sangue não altera a pressão arterial, nem engrossa ou modifica o sangue.
  • O doador não tem nenhuma obrigação de doar sangue novamente. Só faz isso se quiser, com intervalo de 3 meses entre cada doação.

Deixe uma resposta