Go to Top

Tecnologia, Internet e Educação – Sugata Mitra

Excelente palestra que mostra o potencial de aprendizado das crianças e como a internet/computadores possibilitam criar um ambiente de autodidatismo.

Como pai, professor e palestrante fiquei emocionado em perceber como o ser humano tem o potencial de aprender e criar coisas incríveis.

“O cientista educacional Sugata Mitra aborda um dos maiores problemas da educação — os melhores professores e escolas não existem onde eles são mais precisos. Em uma série de experimentos na vida real, de Nova Deli à África do Sul e Itália, ele deu acesso supervisionado à internet para crianças e viu resultados que podem revolucionar a nossa forma de pensar sobre o ensino.”

Ele começou com um experimento em 1999 que foi colocar um computador embutido em uma parede em Nova Delhi na Índia e descobriu que “as crianças irão aprender a fazer aquilo que quiserem aprender“. O experimento mostrou que as crianças em grupo, ao redor do computador com acesso à internet conseguem aprender de forma autodidata, mesmo sem saber inglês.

Em outro experimento, ele usou um computador com reconhecimento de voz em Hyderabad, Índia. Porém, as pessoas falavam com um sotaque muito forte e o computador reconhecia apenas se as palavras fossem pronunciadas de forma correta. Ele retornou depois de 2 meses e percebeu que as pessoas conseguiram alterar o sotaque para o computador conseguir reconhecer corretamente.

Ele cita algumas frases excelentes para TODO PROFESSOR deveria saber:

“O professor que pode ser trocado por uma máquina, deve ser trocado”
“Se as crianças têm interesse, então a educação acontece”
Arthur C. Clarke

Indo mais longe, ele fez um desafio “Será que crianças de 12 anos que falam tamil no Sul da Índia conseguem aprender biotecnologia em inglês sozinhas”?

A hipótese era que para determinados assuntos a presença do professor é fundamental.

Depois de 2 meses, ele fez testes com as crianças e a nota foi 30%. Então, ele lembrou-se de uma amiga, uma jovem contabilista, com quem jogavam futebol e pediu para ela ajudar as crianças a aprender biotecnologia. Ela disse que não entendia nada de biotecnologia, porém ele pediu para usar o “MÉTODO DA AVÓ” que basicamente era ficar atrás das crianças e admirá-las e elogiá-las o tempo todo. Depois de mais 2 meses, as crianças conseguiram pontuanção 50.

Este trecho final da palestra muda completamente os paradigmas da educação e aprendizado.

“Sugata Mitra: Sabem o que aconteceu? Acho que acabamos de encontrar em um sistema auto organizável. Um sistema auto organizável é aquele em que a estrutura aparece sem a influência do exterior. Sistemas auto organizável são sempre emergentes, que é quando o sistema começa a fazer coisas as quais não foram designados a fazer. É por isso que vocês reagem dessa maneira, porque parece impossível. Posso fazer uma suposição. Educação é um sistema auto organizável, onde aprender é um fenômeno emergente. Irá demorar alguns anos para provar, experimentalmente, mas eu irei tentar. Entretanto, o método está disponível. Um bilhão de crianças, 100 milhões de mediadores — existem muito mais que isso no planeta — 10 milhões de SOLEs, 180 bilhões de dólares e 10 anos. Nós podemos mudar tudo.

Assistam o vídeo, pois é uma das palestras mais incríveis que já assisti no TED. Como pai e educador me senti motivado a usar alguns dos experimentos com meu filho que tem 9 anos.

Vejam o painel “Professor do Futuro” com artigos e vídeos que selecionei.

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *