Go to Top

Quem mexeu no meu queijo – Como você lida com mudanças?

Você procurou no Google “Quem mexeu no meu queijo?”. Tenho certeza que vai gostar destes temas também!

Posts recomendados: Estratégia do Oceano Azul | 3 Caixas da Inovação

Acompanhe o Blog www.Autoconhecimento.net.br.


 Há muitos anos li o livro “Quem mexeu no meu queijo” que é uma das melhores parábolas para falar sobre os desafios das mudanças que todos enfrentamos. Nos tempos atuais, é necessário saber mudar e estar disposto a REAPRENDER.

“O analfabeto do século XXI não será aquele que não consegue ler e escrever, mas aquele que não sabem aprender, desaprender, e reaprender.” Alvin Toffler

Vejam a resenha do Wikipedia.

“Quem Mexeu no Meu Queijo? (Who Moved My Cheese?, no original em inglês) é um livro motivacional escrito pelo Dr. Spencer Johnson. O livro apresenta uma parábola envolvendo quatro personagens: dois ratinhos, Sniff e Scurry, e dois “homenzinhos”, Hem e Haw. O livro é uma alegoria que retrata os objetivos que cada um de nós temos e as mudanças a que estamos sujeitos durante a busca destes objetivos. Durante a leitura, o leitor pode observar que atitude cada personagem toma diante das adversidades da vida e pode acabar se identificando com um dos personagens.”

Uma das minhas frases prediletas é:

“O que você faria se não tivesse medo?”

Ao ler o livro, você poderá se identificar com os ratinhos que são mais ágeis para se adaptar às mudanças, afinal VOCÊ deve se considerar uma pessoa flexível e que se adapta às mudanças. Porém, acho que o ser humano tem a tendência de achar que a CULPA é sempre do outro e na minha opinião (que já fui uma pessoa inflexível) é fundamental termos HUMILDADE para estar atentos às mudanças e saber quando devemos abandonar velhas crenças e hábitos.

Porém, também podemos pensar nos quatro personagens como diferentes partes de nós mesmos. Vejam o vídeo abaixo que é um excelente resumo do livro.

 

Leiam a resenha “Quem mexeu no meu queijo” no site Administradores ou baixem o eBook.

“Não há nada que seja maior evidência de insanidade do que fazer a mesma coisa dia após dia e esperar resultados diferentes.” Albert Einstein

Escrevi vários posts sobre o tema MUDANÇAS:

Participei do curso “Negócios Colaborativos para um Nova Economia em transição” na Escola São Paulo com Tomás de Lara e Osvaldo de Oliveira e foi excelente para REPENSAR novos formatos de negócios.

“O fim da infância da humanidade é quando paramos de pensar como indivíduo e passamos a usar a inteligência coletiva.” Arthur Clarke, futurista Inglês

A maior mudança que tive nos últimos anos foi a transição do Marketing Digital para área de Apresentações. Aproveitei o grande crescimento do Prezi e consegui descobrir meu “novo queijo”. Participe da minha palestra de Prezi e Neuromarketing para sair da sua zona de conforto.

Um artigo que escrevi sobre os desafios das mudanças no ambiente digital é “O declínio das agências digitais” onde eu questiono o modelo de negócios e proponho a reflexão sobre a adoção de novas formas de trabalhar marketing digital.

passado-presente

Se gostou deste post, agradeço se comentarem e compartilharem com amigos.

Referências:

Vejam a palestra sobre COACHING no artigo “O que é COACHING“.

4 Responses to "Quem mexeu no meu queijo – Como você lida com mudanças?"

  • lucio eduardo de sousa
    28 de novembro de 2014 - 10:33 Reply

    boa tarde ,como adiquir o livro que e muito bom,?

    • marciookabe
      29 de novembro de 2014 - 17:35 Reply

      O livro tem em várias livrarias.

  • Aline de Azevedo Silva
    19 de janeiro de 2015 - 10:06 Reply

    Excelente post. Eu já li o livro mas havia me esquecido do “meu queijo”.
    Às vezes encontramos tantos obstáculos que fica difícil sair da zona de conforto, e acabamos esquecendo do nosso potencial.

  • José Ribeiro
    18 de abril de 2017 - 9:47 Reply

    Excelente matéria. O desenho animado é muito explicativo. Já havia lido o livro, mas talvez pelo meu estado de espírito no momento, não havia compreendido as principais mensagens. Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *